top of page

PALAVRA DA PRESIDENTE

Parece ontem quando estávamos recebendo 2021.

Muitos foram os desafios que vivemos ao longo deste ano que, dentro de poucos dias, já estará na história. Muitas foram as conquistas também; afinal, vencer as adversidades é o que nos faz mais fortes a cada dia.

Para mim, a maior conquista em 2021, como presidente do Sincabima, foi entregar a nossa sede totalmente renovada, um espaço amplo e moderno que abrigará, também, a Apralim, que já está tomando forma para 2022.

Continuaremos trabalhado fortes na disseminação da cultura de associativismo de modo a nos fortalecer como entidade representativa da indústria alimentícia no Paraná.

Aproveitando o ensejo, quero deixar com vocês uma pequena história para reflexão:

“Sundar Sigh foi um missionário cristão indiano, do início do século 20, que pregou o evangelho aos tibetanos, próximo ao Himalaia.

Ele e um colega cainhavam pelas montanhas do Tibete, em uma tarde, quando uma forte tempestade de neve os surpreendeu. Num momento de trégua da tormenta, eles viram um homem caído na neve, uns dez metros abaixo do caminho deles.

Imediatamente Sundar desceu a ribanceira para ajudar o estranho. Seu colega o reprovou. Disse que os três morreriam congelados na neve. Em vão o missionário pediu ao colega que o ajudasse. O homem continuou caminhando decidido a salvar a si mesmo.

O bom homem alcançou o pobre desconhecido gravemente ferido e com uma das pernas quebrada, colocou-o no ombro, cobriu-o com um cobertor e subiu a íngreme e lisa encosta.

Sundar havia caminhado horas sob a neve carregando a pesada carga, quando avistou uma aldeia. Quase chegando, tropeou num cadáver congelado. Era aquele que o havia abandonado para salvar a própria vida.

Triste, Sundar seguiu até um abrigo seguro onde atendeu às necessidades do homem ferido. Ele estava a salvo. Seu esforço em carregar o desafortunado manteve-o aquecido, salvando não só o outro, mas a si próprio.

Quando um dos discípulos de Sundar Sigh  lhe perguntou qual era o fardo mais pesado da vida, ele respondeu: ‘o fardo mais pesado da vida é tentar carregar apenas a si mesmo.’”

Desejo a todos os melhores votos de boas festas, muita saúde e sucesso no novo ano que se aproxima.

E sim, juntos somos mais fortes – em 2022 e sempre.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page